Carlos Sousa Ramos/AAN
André Von Zuben: "A cidade tem mão de obra especializada, tem um ecossistema de tecnologia e inovação"

A americana Qualcomm Incorporated e a chinesa Advanced Semiconductor Engineering assinam na próxima segunda-feira, no Palácio dos Bandeirantes, na Capital, a formação de uma joint venture para investir US$ 200 milhões (R$ 632 milhões), em quatro anos, na implantação, na região de Campinas, da primeira fábrica de chips semicondutores de alta densidade da América Latina.

Leia mais em: http://correio.rac.com.br/_conteudo/2018/02/campinas_e_rmc/521309-campinas-podera-ter-fabrica-de-r-632-mi.html

Compartilhe: